Super Frases

As Mães Não Deviam Partir
Quinta-Feira, 08.05.2008, 08:37pm (GMT-3)

 

Há mães que partem

logo após seus filhos nascerem

Abandonando-os bebês

Sem se importar

Com a sorte que irão

Ou não ter.

Há mães que partem

Deixando os filhos

Em busca de um amor louco

Ou por não querer assumir a responsabilidade

De mães deles ser

 

Há mães que partem

Levadas por Deus

E talvez fiquem por eles zelando

Do Céu onde passam a viver

Há mães que fingem que não partem

Mas que da vida dos filhos não participam

Porque em verdade mães não queriam ser

 

Há mães que se repartem

São elas mil partes

Para estar presente em toda parte

Onde seu filho precise

De seu olhar

Seu amor

Seu carinho

Ou de limites que ela dá para fazê-los crescer

Há mães que nunca partem

E sufocam seus filhos

Impedindo-os de se independer

 

Há mães imortais

Que por terem sido mães guerreiras

Ordem, orientação,

Fonte de conhecimento,

Lar, abrigo, enfermeira.

Professora, criança

E Amor

Estarão no coração deles alojadas

Não importando se perto, longe

Ou em outra dimensão,

Porque unidas aos filhos

Viveu a mais sublime experiência

De acompanhar cada etapa de crescimento,

Acalmá-los na dor e no lamento,

Prepararam festa de batizado, aniversário, formatura,

Algumas vezes casamento

Se mantiveram identidade

Dando ao filho a liberdade

De ser único,

Ao estimularem

Que fizessem suas próprias escolhas.

Os aprovaram ao escolher até aquilo que elas não queriam.

E os amaram mesmo sabendo que os sonhos que elas tiveram

A eles não cabia realizar.

Aquelas que compreenderam que amar é admirar e respeitar o outro, ainda que

filho, no seu jeito individual ser.

Essas nunca partem!

 

Vou lhes contar um segredo:

Até hoje com minha mãe converso,

Contando vitórias,

Chorando de medo,

Confidenciando segredos

E pedindo que me auxilie na hora de uma difícil decisão...

E ela com todo carinho, me abraça forte e de mansinho,

Diz que sou capaz de resolver a mais insolúvel questão, apazigua meu

conflito, canta para eu dormir, perdoa em mim o que eu não me perdôo.

E sabem que há mais de dez anos ela se mudou?

Mora ao lado do Senhor

E vívida habita meu coração?

 

Existem mães que não partem nunca,

Só fisicamente se ausentam

E esperam pacientes a hora que vamos de novo juntos morar.

Vem cá Mamãe,

Deixe-me ao mundo a apresentar!

 

Me dê sua mão macia, quero beijar sua face...

E, por favor, não chore não.

É dia de comemoração!

Para minha Mãe sempre presente...

 

 

Magda Almodóvar