Super Frases

Alan & Aladim - Aeronave do amor
Sexta-Feira, 16.05.2008, 09:18am (GMT-3)

Deixei meu benzinho chorando baichinho 
No aeroporto lá do Galeão 
Embarquei no jato que dali a pouco 
À oito mil pés estava do chão

Tomei um wisky, fumei um cigarro, 
Comtemplei as nuvens na imensidão
Naquele momento a tristeza e a saudade 
Jogaram a tranquilidade de lado
Tomaram de assauto meu peito magoado  
E dançaram catira no meu coração  

Que música triste tocavam à bordo
E a aeromoça me vendo chorar
Chegou de mansinho pra me perguntar
Qual era o motivo de tão grande dor ?

Muito agradecido eu dei a resposta
A minha doença o mundo domina
E não se resolve com a medicina
Pois estou sofrendo do mau de amor

A grande aeronave já sobrevoava 
Vencendo a distãncia num campo qualquer
Enquanto eu pensava que sou realista
Enfrento a vida do jeito que der
 
O amor não escolhe nem dia e nem hora
E brinca com a gente do jeito que quer
Naquela altura entre o céu e a terra
Senti me perdido no tempo e no espaço
Envolto nas malhas de um terno abraço
Morrendo de amor por uma mulher

Que música triste tocavam à bordo
E a aeromoça me vendo chorar
Chegou de mansinho pra me perguntar
Qual era o motivo de tão grande dor ?

Muito agradecido eu dei a resposta
A minha doença o mundo domina
E que não se resolve com a medicina
Pois estou sofrendo do mau de amor