Super Frases

Milton Nascimento - A Lágrima e o Rio
Quarta-Feira, 16.04.2008, 09:56pm (GMT-3)

Quando amanheceu toquei meu braço, no que?

E me desentendi...

Porque só eu, ali?

Gritam vizinhos

Água no chão, eu vi,

Que história é essa, cadê você?



Fui correndo à porta,

O rio estava ali

Um barranco sumiu

Saí gritando

Eu, minhas lágrimas e o rio

Os três num só

E as horas corriam

Que nem sei



Ó rio,

Me leva contigo e o meu coração

Éramos dois e não quero ser um

E desordenadamente, o barranco, as lágrimas

Lutei contra a força, perdi



Foi que o tempo arrastado em corredeira

Carregou meu amor, meu corpo também foi

Voltou enfim, nas águas da fonte mais pura

Das lágrimas que chorei por nós

As lágrimas, derramei demais

Que um rio amanheceu de nós

E um rio amanheceu...

Um rio amanheceu por nós